Microfisioterapia

É uma técnica de terapia manual desenvolvida na França por Daniel  Grosjean e Patrice Benini que são osteopatas e fisioterapeutas na França e nos animais pelo fisioterapeuta e osteopata Michel Zaluski também na França que desenvolveu mapas e movimentos palpatórios específicos na microfisioterapia veterinária.

Trazida para o Brasil em 2004 em humanos e na medicina veterinária alguns anos depois. 

A microfisioterapia baseia-se na embriologia, filogênese e ontogênese na formação dos tecidos. 

Todas as células do corpo são capazes de armazenar memórias em todos os períodos da vida e que sofrem agressões físicas, químicas e emocionais em diferentes intensidades, quando o corpo não reage de maneira eficaz a agressão registra uma memória ou cicatriz patológica esta detectada através dos mapas. 

Esta cicatriz altera a vitalidade e a função do tecido causando as doenças e os sintomas que quando palpado pelo terapeuta reinforma para que então seja estimulado a desencadear o processo de auto correção auxiliando na vitalidade do tecido, onde todo ser vivo tem a capacidade de se adaptar se defender e de se autocorrigir buscando o equilíbrio vital.

É indicado para: dores musculares e articulares, alterações nas funções vitais, alergias e dermatites, ansiedades , alterações gastrointestinais, cuidado paliativo em pacientes oncológicos, traumas emocionais como perdas, abandonos e separações, depressão ,medos e fobias entre outros sintomas.