Ultrassom

O ultrassom é definido como uma forma de vibração acústica com freqüências muito altas de 1.000.000 a 3.000.000 ciclos ao segundo (1 a 3 MHz), imperceptíveis seja a nível tátil que acústico, a ser aplicado no corpo do animal em modo não invasivo.

O principio da utilização do ultrassom em campo fisioterápapico se baseia na interação que é produzida entre o ultrassom e os diversos tecidos que este atravessa gerando diferentes efeitos: térmico, mecânico, biológico e de fonoforese.

A produção do ultrassom se obtém através do efeito pizoelétrico inverso, que consiste na propriedade de alguns cristais minerais de dilatar e comprimir (de emitir vibrações), quando são submetidos à ação de um campo elétrico de corrente alternada.

A potência de saída é medida em Watt/cm2, ou seja, energia transmitida por unidade de superfície da sonda.

AS PRINCIPAIS INDICAÇÕES SÃO:
  • Artrose
  • Artrite
  • Cicatrização óssea
  • Mialgia
  • Contraturas musculares
  • Miosites
  • Tendinites
  • Nevralgias
  • Estiramento / Distensões
  • Contusões
  • Cicatrizes
  • Edemas
  • Traumatismos
  • Aderências
  • Sinovites
indexbr_image644